Você sabe o que é lesão do LCA?

Quem pratica ou acompanha algum esporte que envolva movimentos rotacionais (pivot), como futebol, beach tênis, entre outros, provavelmente já ouviu falar de alguém que apresentou a lesão do LCA.
Mas o que seria LCA?

São as iniciais de uma estrutura importante do joelho: Ligamento Cruzado Anterior (LCA). É um ligamento que impede a translação anterior da tíbia em relação ao fêmur. Ele estabiliza o joelho nos movimentos rotacionais.
Por isso, sua lesão impede o paciente de executar esportes que envolvam tais movimentos (pivot).
A lesão do LCA ocorre na maioria das vezes por trauma indireto – o paciente se machuca sozinho! Ocorre um entorse do joelho com a execução de movimentos combinados como rotação interna do fêmur + rotação externa da tíbia + Valgo e semiflexão do joelho. No momento da lesão, pode-se escutar um estalido audível até por pessoas que estejam ao lado do paciente.
Este evolui com muita dor e derrame articular (joelho muito volumoso). Nesse momento, indicamos medidas como repouso, proteção do joelho (não pisar ao solo), medicação analgésica, gelo local e ajuda médica em um pronto-socorro ortopédico, se possível. Caso não consiga, é imperativo a consulta urgente com ortopedista especialista em joelho.
Após a fase aguda, a grande maioria dos pacientes evoluirá com instabilidade. O paciente irá relatar “falta de confiança” para executar movimentos giratórios.
Sair do carro, por exemplo, pode-se tornar uma tarefa difícil e desafiadora. Se realizar algum esporte de pivot como futebol (o que não é indicado), provavelmente relatará falseios no joelho. Isso irá limitar e prejudicar muito a qualidade de vida do paciente que até então era ativo e sem sintomas.
Caso persista a instabilidade, haja limitação da qualidade de vida e o paciente almeje retornar à prática esportiva, a cirurgia será necessária. Atualmente, a cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior é feita de forma menos invasiva – artroscopia (por vídeo). Retiramos enxerto do próprio paciente, sendo os mais comuns: tendões dos flexores, patelar e quadricipital. Com um desses tendões reconstruímos o ligamento rompido e devolvemos a estabilidade ao joelho do paciente. Dependendo do caso, também utilizamos um reforço extra-articular para reduzir os índices de relesão.

Após a cirurgia, quando posso retornar ao trabalho?
Uma pergunta muito frequente no consultório:
Depende do trabalho do paciente e de como ele irá evoluir após a cirurgia. Se o trabalho é por home office, ele pode retornar no dia
seguinte caso consiga. Se é um trabalho que sobrecarregue o joelho (carregar peso e ficar muitas horas
em pé), será prudente aguardar cerca de 2 a 3 meses.
E o tempo de recuperação?
Outra pergunta muito frequente no consultório:
O tempo de recuperação varia para cada indivíduo. Em média, o primeiro mês é mais desafiador. O paciente sentirá mais dores e precisará de auxílio dos familiares. A partir do segundo mês, já percebemos uma melhora de dor e função.
Liberamos para academia a partir do terceiro mês. Esportes de giro (pivot), como futebol, vôlei, beach tênis, liberamos após 9 meses.
Mas não é somente o tempo que consideramos. Precisamos avaliar parâmetros clínicos e realizar vários testes para liberar o paciente com uma maior segurança.
A lesão do LCA, infelizmente, é uma grave enfermidade. Precisa ser tratada adequadamente para que haja o retorno da qualidade de vida do paciente. Na suspeita da lesão do LCA, sempre orientamos agendar uma consulta com ORTOPEDISTA ESPECIALISTA EM JOELHO para o correto diagnóstico e condução do caso.

Dr. Artur Costa – @drarturcosta
Ortopedia/Traumatologia | Cirurgia do Joelho

CRM-SP: 166.484 / TEOT: 15674 | RQE: 84198

Compartilhar:

Outros Artigos:

PARQUE DO TERROR WARNER BROS

Imagine só entrar no assustador corredor do hotel e no misterioso quarto 237 de “Doutor Sono”; dar uma espiada na casa de Regan Macneil, de

Coomepi faz 25 anos!

A COOMEPI foi fundada em 28/01/1999 por iniciativa de médicos plantonistas do Hospital Santa Ignês, inicialmente como COOPERATIVA DE TRABALHO DOS MÉDICOS PLANTONISTAS DE INDAIATUBA.