O DEBATE DE IDEIAS E O CONHECIMENTO MÉDICO

A profissão médica tem sofrido transformações importantes ao longo de sua história e este processo tem se acelerado intensamente nos últimos anos. Transformações sociais, econômicas, políticas e éticas tem promovido mudanças importantes no trabalho do médico e no enfrentamento de doenças. O avanço da ciência e novos marcos nas relações interpessoais têm igualmente produzido novos padrões nos relacionamentos dos médicos com os pacientes e com a saúde pública, sendo estes seus objetivos fundamentais.

O acesso à informação também sofreu intensa mudança nas últimas décadas. Isso se deu para a sociedade em geral e para médicos
igualmente. O conhecimento médico em um passado não muito distante estava restrito a livros, revistas cientificas e à transmissão por meio de professores e especialistas em escolas e sociedades médicas respeitadas.

Nos últimos anos, com o desenvolvimento tecnológico e intervenções políticas e econômicas na produção de conhecimento, houve radical ampliação nas fontes de conhecimento.

O debate de ideias realizado por meio de encontros e congressos, entretanto, precisa ser fortalecido, sob pena de que o conhecimento venha a ser difundido sem o devido consenso entre estudiosos.

As sociedades de especialistas e associações médicas precisam continuar exercendo seu papel em proporcionar o confronto de
ideias na busca de consensos mínimos no exercício profissional de médicos.

Francisco Ruiz – Presidente da APM Indaiatuba

Compartilhar:

Outros Artigos:

O que é a hepatite?

Hepatite é uma inflamação do fígado que pode acontecer por diversas causas e que possui algumas características: Ela acomete ambos os sexos, todas as etnias