Novembro Azul – Câncer de Próstata

É o tumor que afeta a próstata, glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. O câncer de próstata é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele.
O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce de forma lenta e não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do homem. Em outros casos, pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e causar a morte. Esse efeito é conhecido como metástase.

Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas e, quando apresenta, os mais comuns são: dificuldade de urinar, demora em começar e terminar de urinar, sangue na urina, diminuição do jato de urina, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Esses sinais e sintomas também ocorrem devido a doenças benignas da próstata. Por exemplo:

• Hiperplasia benigna da próstata é o aumento benigno da próstata – afeta mais da metade dos homens com idade superior a 50 anos e ocorre naturalmente com o avançar da idade;
• Prostatite é uma inflamação na próstata, geralmente causada por bactérias;

Existem alguns fatores que podem aumentar as chances de um homem desenvolver câncer de próstata:

• Idade: o risco aumenta com o avançar da idade – no Brasil, a cada 10 homens diagnosticados com câncer de próstata, 9 têm mais de 55 anos;
• Histórico de câncer na família: homens cujo pai, avô ou irmão tiveram câncer de próstata antes dos 60 anos fazem parte do grupo de risco;
• Sobrepeso e obesidade: estudos recentes mostram maior risco de câncer de próstata em homens com peso corporal mais elevado.

Para investigar os sinais e sintomas de um câncer de próstata e descobrir se a doença está presente ou não, são feitos
basicamente dois exames iniciais:

• Exame de toque retal: o médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. Este exame permite palpar as partes posterior e lateral da próstata;
• Exame de PSA: é um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico (PSA). Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.

Qual exame confirma/diagnostica o câncer de próstata?

Para confirmar o câncer de próstata é preciso fazer uma biópsia. Nesse exame são retirados pedaços muito pequenos da próstata
para serem analisados no laboratório. A biópsia é indicada caso seja encontrada alguma alteração no exame de PSA ou no toque retal. Entre os fatores que mais ajudam a prevenir o câncer de próstata estão: alimentação saudável, manter o peso corporal adequado, atividade física, não fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

Fonte: Ministério da Saúde

Compartilhar:

Outros Artigos:

Febre maculosa brasileira

Morte por Febre Maculosa Brasileira (FMB) na nossa região aumenta alerta sobre a doença. Mas quem tem que se preocupar? Essa pergunta é fácil de

O imperativo caminho da eficiência.

Cada vez menos poderemos ignorar a finitude dos recursos quando lidamos com prestação de serviços de saúde. Sua primorosa gestão tem por finalidade, promover a