Cirurgia Endoscópica da Coluna

A endoscopia de coluna é fruto do desenvolvimento das técnicas de cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral ao longo dos anos. Tem como princípio fundamental a menor agressão possível aos tecidos e estruturas anatômicas com maior precisão no tratamento cirúrgico.

Inicialmente utilizada para o tratamento das afecções do disco intervertebral na coluna lombar, atualmente pode ser utilizada como método eficiente de tratamento de diversas doenças da coluna lombar, torácica ou cervical.

Após efetuado um diagnóstico preciso da região acometida na coluna vertebral e das alterações responsáveis pela etiologia dos sintomas, a endoscopia de coluna é realizada por meio de incisões muito menores do que aquelas utilizadas nas cirurgias convencionais, com um diâmetro, via regra, inferior a 1 centímetro.

Após a punção direcionada da estrutura a ser abordada na coluna vertebral e a partir desta pequena incisão, são introduzidos os instrumentais cirúrgicos e um sistema de óptica por meio de cânulas, permitindo a visualização e resolução por vídeo das alterações presentes.

Na maioria dos casos, é possível realizar o procedimento apenas com sedação e anestesia local, sem a necessidade, portanto, de anestesia geral.

Vantagens

A endoscopia de coluna representa um verdadeiro avanço nas técnicas e no modo de abordagem dos problemas relacionados à coluna vertebral.

Além de ser um método de tratamento extremamente eficiente, possui como algumas de suas vantagens:

Menor agressão à musculatura, demais tecidos e estruturas da coluna vertebral, com menor taxa de complicações e dor no pós-operatório;

Ampla visualização das estruturas por vídeo através de pequenas incisões (via de regra aproximadamente 0,8 cm);

Possibilidade de realização do procedimento apenas com sedação e anestesia local;

Menor tempo cirúrgico, com menor taxa de complicações intra-operatórias e maior segurança ao paciente;

Menor tempo de permanência no hospital (é possível que o paciente receba alta hospitalar até 3 horas após o procedimento cirúrgico);

Rápida reabilitação e retorno precoce às atividades diárias;

Possibilidade de tratamento de diversas doenças da coluna vertebral;

Dr. Kelsen Teixeira – Ortopedista e Cirurgião de Coluna | CRM 187.587 | RQE 66.688

Compartilhar:

Outros Artigos: