× Home Diretoria APM News Eventos e Congressos Classificados Clube de Benefícios Área do Associado Associe-se Publicidade Localização Fale Conosco
Indaiatuba, 03 de Março de 2021
Dúvidas? Entre em contato: (19) 3875-7200
Publicado em 18/02/2021 às 18:53:00
Categoria: Notícia em Destaque
Investir no exterior está cada vez mais acessível


O ano de 2020 foi extremamente difícil para a maioria dos brasileiros e trouxe mudanças significativas no comportamento do investidor.
Com a taxa básica de juros (SELIC) a 2,00% e a inflação fechando 2020 na casa dos 4,5%, o poupador não vê outra saída a não ser partir para renda variável através de Fundos de Investimentos e até mesmo chegando a se aventurar na Bolsa de Valores brasileira (B3), isso para não ver seu dinheiro na poupança ou na renda fixa perdendo valor para inflação.
Com este crescente apetite por risco, aumentou também as opções de investimentos disponíveis no mercado, até mesmo a possibilidade de investir no exterior de forma simples e sem ter que viajar para outro país, tudo devidamente declarado no IR como manda a lei. Essa facilidade no acesso somada ao cenário político e econômico do Brasil das últimas décadas, está fazendo cada vez mais brasileiros atravessarem as fronteiras com seu patrimônio, buscando a segurança do dólar e a solidez das instituições financeiras americanas e europeias. Nos últimos 10 anos o Real se desvalorizou mais de 200% perante o Dólar, uma média de 12% ao ano. Enquanto isso, uma das principais Bolsas de Valores do mundo, a S&P 500, que reúne as 500 maiores empresas do planeta, cresceu mais de 260% no mesmo período. Portanto, se há 10 anos atrás, você tivesse investido 10 mil reais em algum fundo indexado à S&P 500, hoje acumularia um valor próximo a 110 mil reais, ou seja, mais de 1000%.
Você já pensou em manter parte do seu patrimônio em Dólar? Os consultores financeiros da Alliance Family Office podem ajudá-lo com este planejamento.